Dica 12 – Gerenciando Matrizes Curriculares

Hoje vou mostrar os recursos de gerenciamento de matrizes curriculares existentes no sistema Q-Acadêmico. Via de regra uma nova matriz curricular só é cadastrada no sistema quando há uma alteração. Seja de mudança, adição ou retirada de uma disciplina, cargas horárias de habilitação, qualquer alteração numa matriz, deve ser cadastrada uma nova matriz no sistema ao qual passa a ter vigência para a próxima turma de ingresso de um curso.

Abaixo será descrito resumidamente os recursos para criação e gerenciamento de matriz curricular, tentando pontuar o modo como usar quando e quais suas vantagens e desvantagens.

  • Cadastro de Matrizes Curriculares: É o cadastro básico onde são configuradas/cadastradas as matrizes curriculares.
    • Na guia Disciplinas há um botão de detalhes onde já quatro opções para gerenciamento de disciplina da matriz curricular
      • Importar Disciplinas de outra matriz configurada: É necessário que uma matriz esteja cadastrada sem disciplinas. Usando essa função o sistema irá abrir uma janela para escolha de uma outra matriz curricular para importar as disciplinas. A busca é restrita a estrutura de curso da matriz cadastrada.
      • Montar uma Matriz Curricular com Base em Disciplinas estudadas de um Aluno: Ao usar essa opção o sistema abre uma janela com a opção de selecionar uma matrícula e a partir dessa matrícula importar as disciplinas para a nova matriz cadastrada.
      • Ordenar a Matriz Curricular  Alfabeticamente;
      •  Ordena a Matriz Curricular pelo Código;

Obs nº 1: Os recursos citados acima devem ser usados com critério, pois a forma mais correta seria usar o cadastramento manual;

    • Quando usar: Na criação de um novo curso ou quando uma matriz de um curso dor modificada;
    • Vantagem: Menos matrizes para serem gerenciadas;
    • Desvantagem: Num cenário onde, por exemplo, uma matriz curricular foi criada para um período letivo de 2008/1 e até os dias atuais ela está sendo usada sem nenhuma alteração, ao alterar qualquer informação todos os alunos que estão seguindo essa matriz serão afetados. Alguns exemplos:
      • Se for inserido uma disciplina: Alunos já concluídos ficarão devendo essa disciplina;
      • Se for retirada uma disciplina: Para os alunos que cursaram a disciplina retirada, sairá no histórico como disciplina cursada fora da matriz;
      • Mudança de habilitação de uma disciplina: Os alunos já concluídos deverão ter a habilitação alterada para poder concluir o curso;

Obs nº 2: Esses são alguns exemplos, mas, principalmente alterações em disciplinas, desencadeiam um efeito colateral em todos os alunos já concluídos e em curso, por isso a regra que sempre que uma matriz curricular for alterada é necessário um novo cadastro ou replicar e fazer a devidas modificações.

  • Replicar Matrizes Curriculares: Normalmente esse recurso é usado em cada início de período letivo, replicando todas as matrizes de todos os cursos
    • Quando usar: A seu critério.
    • Vantagem: Normalmente alterações de matriz não devem acontecer após ter alunos associados. No entanto se houver uma real necessidade de alteração por qualquer motivo, essa alteração vai somente afetar o conjunto de alunos de um determinado período letivo de entrada. No caso anterior, ao alterar uma matriz curricular, podemos dizer que o efeito colateral pode ser em centenas de alunos, ao passo que com a replicação você afetará apenas uma turma;
    • Desvantagens:
      • Manter o controle de dezenas, talvez centenas de matrizes
      • Trabalho manual de replicação em todo início de período letivo
  • Gerar uma matriz com base em um histórico de aluno: Selecionar um aluno que possui um histórico correto para gerar uma matriz curricular;
    • Quando usar: Em casos específicos de migração de dados. Monta-se um histórico para um aluno, importa as disciplinas para uma matriz curricular e depois usa essa matriz para
      matricular outros alunos do mesmo curso
    • Vantagens: Em um processo de implantação com migração de dados esse recurso agiliza muito a criação de matrizes

Algumas Curiosidades sobre a Matriz Curricular:

  • A maior incidência de inconsistência de dados é proveniente de alterações feitas no cadastro da matriz curricular
  • A estrutura de curso configurada na Guia Matriz Curricular, está diretamente relacionado aos:
    • Critérios de Apuração de Resultado por Período
    • Critérios de Avaliação por Disciplina
    • Controle de Frequência
  • A estrutura de curso configurada em cada disciplina da matriz serve como estrutura padrão para criação do diário que por consequência estará diretamente relacionado aos cálculos de médias daquela disciplina
  • O campo Créd. Necessário é uma forma de configurar pré-requisitos por disciplina;

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.